Hoje atuando exclusivamente nas blitze da Balada Segura, as três equipes de fiscalização do Detran/RS passarão a atuar também em outras frentes, como a fiscalização do transporte de passageiros, de transporte escolar, entre outras ações de trânsito. As novas diretrizes e metas foram discutidas na tarde de ontem (15), em reunião técnica da Divisão de Fiscalização de Trânsito da Autarquia.

Além de aumentar a abrangência da natureza das ações de fiscalização, a meta do Detran/RS para 2015 é dobrar o número de abordagens, que somaram 12 mil veículos em 2014. O Ten. Cel. Marcelo Dornelles dos Santos, assessor da Diretoria Institucional, considera que a Balada Segura é projeto bem sucedido, que contribuiu muito para a mudança de cultura, mas que o Detran/RS não pode se limitar às questões de alcoolemia e deve se voltar também às demais questões de trânsito que mereçam tratamento técnico.

Para embasar as ações de fiscalização, o Detran/RS utilizará dados estatísticos. “Onde tivermos aumento de indicadores de violência no trânsito, o Detran/RS estará presente para tomar uma medida saneadora”, declarou Dornelles, que também falou da importância de ações educativas e preventivas em situações sazonais e grandes eventos.

O diretor-geral interino, Ildo Mário Szinvelski, abriu a reunião lembrando que a manutenção da atividade de fiscalização do Detran/RS é inexorável e que deve ser observado o caráter educativo que sempre norteou as atividades dos técnicos da Autarquia.

Os projetos para a Divisão de Fiscalização do Detran/RS também incluem o aumento das equipes, adoção de uniformes, aquisição de veículos, entre outras medidas que devem ser colocadas em prática após o período de 180 dias determinados pelo Decreto do Governador.